100 apólices de RCP Advogados em 100 dias

Sim é possível emitir 100 apólices do seguro responsabilidade civil profissional advogados em 100 dias. Claro que isso não é uma tarefa fácil (se fosse você nem precisaria participar desse desafio para conseguir), há uma técnica para atingir esse resultado. E é sobre ela que conversarei contigo na primeira aula do desafio.

A primeira aula é dedicada especialmente a advogados.

O Brasil é um dos países que possui o maior número de advogados do mundo: são mais de 1 milhão de profissionais e você precisa vender apenas para 100 deles em 100 dias para começar 2021 com um bela carteira de RC profissional.

Vou te dar 3 exemplos reais de condenações de advogados “comuns” que não possuem grandes companhias como clientes, não têm grandes salários e em tese, não teriam um risco que justificaria a contratação de um seguro de RC Profissional advogados.

Escolhi justamente esses exemplos para que você possa convencer qualquer advogado que ele não pode fechar um contrato sequer sem a proteção de uma apólice. Vou te ensinar a técnica de venda pelo risco e como realizar prospecções para atingir esse número.

É hoje, 100% online e 100% gratuito!

Clique aqui para se inscrever gratuitamente no desafio!

https://page.vendaseguro.com.br/desafio100em100

Diferença entre E&O e D&O

Quais são as diferenças entre o seguro D&O e o seguro E&O? Essa é uma das dúvidas mais comuns para aqueles que trabalham com os seguros de responsabilidade.

Primeiro é preciso entender o que é D&O. A sigla se refere ao termo em inglês “directors and officers”. Em português é chamado de RC Administradores e ampara os administradores, conselheiros bem como os demais gestores de uma empresa em virtude de reclamações por atos cometidos durante a gestão da empresa.

Essa apólice é contratada pela empresa, chamada de tomadora no seguro D&O, em benefício dos seus gestores. Isto é, a empresa não é segurada na apólice nas coberturas básicas do seguro.

Já o E&O cuja sigla se refere ao termo inglês “errors and omissions”. No Brasil o seguro é o RC Profissional, que tem por objetivo amparar o segurado pelos danos causados em virtude da falha profissional.

Ele pode ser contratado por empresas prestadoras de serviços (empresas de engenharia, hospitais, escritórios de advocacia, etc) para proteção da própria empresa, bem como por pessoas físicas – profissionais liberais – que atuam de forma independente e não querem colocar em risco seu patrimônio pessoal.

Portanto o objeto da apólice é diferente, o seguro D&O é para reclamações de atos de gestão e o seguro E&O é para reclamações de falhas profissionais. Parece simples, no entanto na prática pode ocorrer dúvidas de qual apólice ampararia determinada situação.

Nesse vídeo dou exemplos reais de situações que podem causar essa confusão e como solucionar essa questão.

Se você quiser entender mais sobre os seguros D&O e E&O: como vender, como contratar, ter modelos de apresentações, inúmeros exemplos de sinistros e estudos de casos, contrate agora pelo link: https://www.vendaseguro.com.br/

Como contratar seguro RC e RC Profissional para clínica médica

Qual a diferença entre seguro de RC e seguro de RC Profissional para uma clínica? Por que ela precisa contratar as duas apólices?

Quais são as coberturas que devem ser incluídas nessas apólices?

Tudo isso explicado em detalhes nessa aula.

7 erros no RC Profissional advogados

Em 15 anos de experiência já vi muitos erros tanto na abordagem quanto na contratação das apólices de RC Profissional para advogados. Alguns desses erros prejudicam a venda, pois o advogado não se convence do risco e não contrata a apólice. Outros podem comprometer a cobertura no momento do sinistro.

Descubra abaixo os 7 erros mais comuns:

1- Sócio: contratar uma apólice sem cobertura para reclamações contra o sócio do escritório. Em muitas seguradoras ele não está coberto e no sinistro isso gera muitas frustrações

2- Perda de uma chance: Não verificar se há exclusão para perda de uma chance. Esse é o principal risco dos advogados e algumas seguradoras não amparam

3- Limite errado: Contratar o limite de garantia fundamentado apenas no faturamento do escritório

4- Franquia errada: Muitas seguradoras aplicam a franquia de acordo com o faturamento, o que prejudica alguns segurados. Você precisa entender o perfil do segurado para negociar uma franquia adequada ao risco dele

5- Ignorar o risco: Os advogados não são todos iguais. Alguns podem trabalhar com atividades que algumas seguradoras excluem e você sem saber, pode contratar justamente nessa seguradora

6- Abordagem genérica: Não apresentar exemplos de sinistros que podem acontecer com advogados para que ele perceba que precisa da apólice

7- Não mostrar como o prêmio é baixo: Se você não demonstrar o tamanho da exposição e o risco ao patrimônio pessoal dele versus o investimento baixo da apólice, ele não vai contratar

Para entender como solucionar cada um desses erros clique aqui!

Advogada é condenada em R$55mil por falha profissional

Esse é um exemplo de condenação real que poderia estar coberto em uma apólice de Responsabilidade Civil Profissional, desde que contratada as proteções necessárias: perda de uma chance e multas causadas a terceiros em virtude de uma falha profissional.

Para ter acesso ao passo a passo para vender com uma visita e saber contratar a apólice certa para o seu cliente acesse: https://www.vendaseguro.com.br/

Dentista é condenado em R$ 50mil por falha em implantes

Um dentista fora condenado ao pagamento de R$ 11.000,00 pelos danos materiais, R$40 mil de danos morais e ainda 13% de honorários de sucumbência (R$ 6.500,00). Essa condenação terá de ser paga com recursos pessoais do dentista. Ou seja, ele terá de utilizar suas reservas financeiras, ou se não as tiver, vender um carro ou algum bem para indenizar o paciente.

Esse tipo de situação está cada vez mais frequente. As pessoas estão processando mais e mesmo que elas não ganhem a causa em muitas ações, os dentistas têm de arcar com os honorários e custas judiciais para contratar advogados. E como vimos no exemplo acima, podem sofrer uma considerável perda patrimonial se houver uma condenação.

Esses R$ 50 mil de prejuízo poderiam ser poupados com a contratação de uma apólice de RC Profissional investindo menos de mil reais.

Difícil imaginar que um dentista prefira continuar nesse risco sozinho diante de um investimento tão baixo para proteger seu patrimônio.

Fonte: TJ SP

RC Profissional cresce na recessão econômica

O mercado de seguros inevitavelmente é impactado com a crise econômica. No entanto, os números do primeiro semestre demonstraram que a contratação desse seguro aumentou, especialmente para profissionais da área da saúde.

Passo a passo para vender uma apólice RCP Escritório de Contabilidade

Como deve ser uma apresentação de converte? Quais são os riscos e os argumentos certos para um contador? Quais os pontos de atenção a serem observados nas seguradoras? Quais coberturas contratar? Como escolher o melhor produto?

As respostas para todas essas perguntas hoje às 20:30h no meu canal no YouTube.

A partir do dia 05/08 está aula estará disponível na nossa plataforma. Clique aqui para mais informações.

Quebra de sigilo está coberto no RC Profissional?

Conselho de Farmácia estuda processar gerente que vazou receita de cloroquina de David Uip. Esse profissional estaria coberto em uma apólice de RC Profissional?